O presidente de Honduras, Manuel Zelaya, denunciou em entrevista ao canal de televisão Telesur que foi vítima de um sequestro, de um golpe de Estado e de um complô por parte de um setor do exército. Ele fez a denúncia ao chegar à Costa Rica, para onde foi levado por forças militares neste domingo.

bl/ds/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.