Forbes diz que não comenta inclusão de traficante em lista de bilionários - Mundo - iG" /

Forbes diz que não comenta inclusão de traficante em lista de bilionários

NOVA YORK - A revista americana Forbes disse que não vai polemizar a inclusão do narcotraficante mexicano Joaquín Guzmán, conhecido com El Chapo, na lista de bilionários que elaborou este ano.

EFE |

"Não serão concedidas entrevistas sobre o assunto do sr. Guzmán", disse em e-mail à Agência Efe uma representantes do departamento de comunicação da publicação.

No entanto, Elizabeth Wasden, que assinou a mensagem, não descartou que no futuro sejam feitos comentários a respeito num breve comunicado.

O narcotraficante mexicano, dono de uma fortuna de US$ 1 bilhão, aparece na lista dos mais ricos do planeta que a "Forbes" divulgou na quarta-feira.

Durante a apresentação da lista de 2009 à imprensa, Luisa Kroll, a coordenadora do estudo, disse que Guzmán "é um dos maiores fornecedores de cocaína dos Estados Unidos", e que as autoridades deste país oferecem US$ 5 milhões por sua captura.

O mexicano aparece na posição 701 da lista, e é um dos 38 novos integrantes do seleto clube de bilionários do planeta.

No dia seguinte à publicação do ranking, o presidente mexicano, Felipe Calderón, lamentou "profundamente" a escalada de uma campanha na qual "a opinião pública e agora até as revistas se dedicam tanto a mentir sobre a situação do México como a exaltar os criminosos".

Em declarações ao site do canal de TV mexicano "Milenio", Kroll disse que o cálculo da fortuna de "El Chapo" foi feito com base no trabalho de "pessoas que rastreiam o dinheiro gerado pelas drogas".

A coordenadora do estudo acrescentou que a revista tem um repórter latino "que passa muito tempo no México e tem muitas fontes" que o "ajudaram a chegar às pessoas adequadas para falar" do rastreamento do dinheiro da droga.

Leia mais sobre ricos

    Leia tudo sobre: forbes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG