Fay causa fortes chuvas na Flórida enquanto se desloca sem pressa - Mundo - iG" /

Fay causa fortes chuvas na Flórida enquanto se desloca sem pressa

(Atualiza com boletim do NHC das 15h de Brasília) Miami, 21 ago (EFE).- A tempestade tropical Fay, cujas chuvas torrenciais causaram inundações no centro e no leste da Flórida, começa a movimentar-se lentamente em direção ao noroeste do estado, informou hoje o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

EFE |

O olho do "Fay" se encontrava, às 15h (de Brasília) de hoje, próximo da latitude 29,4 graus norte, e da longitude 81,0 graus oeste, muito perto de Flagler Beach, na costa leste da Flórida.

O sistema tocou terra na terça-feira passada em Cabo Romano, no litoral sudoeste da Flórida, após atravessar o extremo sul dos cayos, e avançou em direção ao interior, descarregando intensas chuvas.

Nos condados de Brevard e Santa Lúcia, na costa leste, as fortes chuvas causadas pelo "Fay" causaram inundações que afetaram centenas de casas e alagaram estradas.

Em Brevard, cerca de 10 mil casas se encontram sem energia elétrica, e uma centena de pessoas tiveram que ir para refúgios, embora não tenha havido vítimas mortais nem feridos em estado grave.

A situação levou o governador da Flórida, Charlie Crist, a declarar estado de emergência, e pedir ajuda federal para custear os trabalhos de remoção de escombros e limpeza.

O "Fay", que permaneceu nas últimas horas nas águas próximas à costa leste da península, retomou lentamente sua marcha em direção oeste-noroeste, a uma velocidade de translação de 3 km/h, segundo o último boletim do NHC, com sede em Miami.

A tempestade apresenta ventos máximos sustentados de 95 km/ h, com rajadas mais fortes, e "não se espera uma mudança significativa de intensidade, enquanto o olho do sistema se desloca rumo ao interior", indicaram os especialistas.

Está previsto o gradual enfraquecimento do sistema, à medida que se desloque pelo interior da península.

Permanece em vigor um aviso de tempestade tropical (passagem do sistema em 24 horas) de Fort Pierce até o rio Savannah, limítrofe com os estados da Geórgia e Carolina do Sul.

Os especialistas advertem que o sistema poderia gerar fortes precipitações no centro e nordeste da Flórida e no sul do estado da Geórgia e sudeste do Alabama.

O "Fay" causou sete mortes em sua passagem pelo Haiti, cinco na República Dominicana e outras duas na Jamaica.

Durante a atual temporada atlântica, que começou em 1º de junho e se encerra em 30 de novembro, se formaram seis tempestades tropicais: "Arthur", "Bertha", "Cristobal", "Dolly", "Edouard" e "Fay", das quais a segunda e a quarta se transformaram em furacões.

EFE emi/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG