Endeavour inicia missão à ISS após lançamento bem-sucedido - Mundo - iG" /

Endeavour inicia missão à ISS após lançamento bem-sucedido

Orlando Lizama. Washington, 14 nov (EFE).- A nave Endeavour entrou hoje em órbita terrestre após um impecável lançamento no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, em uma missão de 15 dias à Estação Espacial Internacional (ISS).

EFE |

Seu principal objetivo no curso de quatro caminhadas espaciais é preparar o complexo para receber seis ocupantes e revisar e lubrificar as juntas rotatórias dos painéis solares que fornecem energia à ISS.

O lançamento do "Endeavour" sob um céu claro e lua cheia aconteceu às 22h55 (em Brasília), após dissipar-se a ameaça de mau tempo sobre a região do Centro Espacial Kennedy.

"Todos os sistemas estão funcionando", disse o relator da missão desde o Centro Espacial Johnson, da Nasa, em Houston, no Texas.

No momento da partida havia ameaça de tempestades cerca de 160 quilômetros ao norte do Cabo Canaveral, uma distância muito longa para colocar em risco a segurança da nave, assegurou a Nasa.

Em caso de emergência, a base militar de Zaragoza, na Espanha, serviria como ponto alternativo para o retorno da nave.

Antes de se acoplar à ISS no próximo domingo, a primeira operação será a revisão de seu escudo térmico.

A tripulação do "Endeavour" viaja sob o comando do astronauta americano Chris Ferguson, auxiliado pelo piloto Eric Boe e os especialistas Donald Pettit, Heidemarie Stefanyshyn-Piper, Steve Bowen, Shane Kimbrough e Sandra Magnus.

Boe, Bowen e Kimbrough iniciaram hoje sua primeira missão espacial. Já Magnus substituirá na ISS Greg Chamitoff, que voltará a bordo da nave.

Magnus se juntará assim aos atuais ocupantes da ISS, o cosmonauta russo Yury Lonchakof e o comandante americano Michael Fincke.

As caminhadas, consideradas altamente complexas pela Nasa, estarão sob a responsabilidade de Stefanyshyn-Piper, Bowen e Kimbrough.

No interior da ISS, Boe, Pettit e Magnus desembarcaram uma carga de cerca de 14 toneladas que transformará a estação em um verdadeiro hotel em órbita terrestre.

O "Endeavour" leva à ISS equipamentos para aumentar o número de quartos, instalações para exercícios físicos, móveis e utensílios domésticos, além de um sistema para reciclar a urina dos astronautas.

"Este é o módulo mais carregado levamos à ISS até agora", assinalou Chris Ferguson.

"Vamos transformar uma casa de três dormitórios e um banheiro em uma de cinco dormitórios, dois banheiros e um ginásio", acrescentou.

Durante as caminhadas fora da estação,os astronautas lubrificarão as juntas rotatórias dos painéis solares que a partir de agora aumentarão a provisão de energia para acomodar um maior número de tripulantes na ISS.

"Vamos utilizar grande parte do novo espaço criado com a instalação de outros módulos em missões anteriores", declarou Mike Sarafin, diretor de vôos de naves da Nasa.

Além de ampliar o espaço na ISS, os astronautas instalarão um "controle ambiental regenerativo" que reciclará a urina dos astronautas e a condensação do ar para transformá-la em água, que poderá ser bebida e utilizada para esfriar os sistemas da nave.

A missão também terá como objetivo comemorar o 10º aniversário do dia em que se iniciou a construção do complexo, em 20 de novembro de 1998.

O "Endeavour" estará acoplado à estação espacial, que viaja a cerca de 400 quilômetros da Terra, em 20 de novembro, dia em que se comemora os 10 anos da chegada à órbita do primeiro módulo que deu início a sua construção. EFE ojl/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG