San José, 9 jul (EFE).- O presidente da Costa Rica, Óscar Arias, declarou hoje que o diálogo faz milagres, mas não imediatos, ao reconhecer que as posições do presidente em exercício de Honduras, Roberto Micheletti, e do deposto Manuel Zelaya, continuam muito distintas.

"Estou satisfeito, porque se iniciou um diálogo franco, sincero.

No entanto, as posições são muito distintas. Estas coisas levam tempo, requerem paciência para saber ceder e transigir, essa é a chave para chegar a acordos", disse Arias, em entrevista coletiva, depois do dia no qual não conseguir reunir os dois políticos ao redor da mesa de negociação, como pretendia.

O líder costarriquenho, que atua como mediador no conflito hondurenho, recebeu hoje Micheletti e Zelaya separadamente, mas não conseguiu que ambos conversassem cara a cara.

"O diálogo faz milagres, mas não imediatos, infelizmente", expressou Arias, que acrescentou que "não se trata de inimigos, mas de irmãos hondurenhos com diferenças políticas".

Micheletti e Zelaya decidiram nomear, cada um, uma comissão de quatro pessoas, que serão encarregadas de manter reuniões com Arias, na busca de uma saída à crise iniciada no dia 28 de junho, com a destituição de Zelaya e sua expulsão do país.

Arias, que considera que Zelaya foi tirado do poder por um golpe de Estado, considerou que "o fato de falar com franqueza e sinceridade já é um passo positivo" e afirmou que fez um chamado aos dois políticos hondurenhos para que ponham um fim nos ataques entre si.

O presidente da Costa Rica confirmou que "a posição mais importante" de Zelaya é sobre seu retorno ao poder e advertiu sobre não "ter a ilusão" de um acordo rápido, porque este processo de diálogo poderia demorar "mais tempo que o imaginado".

"O tempo vai a permitir que as distâncias se encurtem e que possamos focar mais nas coincidências que nas divergências", concluiu Arias.

A previsão é que as conversas entre Arias e as delegações hondurenhas continuem esta noite e se estendam até amanhã. EFE dmm/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.