Deprimente a retirada do líder da oposição no Zimbábue (Ban Ki-moon) - Mundo - iG" /

Deprimente a retirada do líder da oposição no Zimbábue (Ban Ki-moon)

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, considerou neste domingo que a retirada do líder da oposição do Zimbábue à eleição presidencial, Morgan Tsvangirai, é um episódio muito deprimente e um mau presságio para o futuro do país.

AFP |

Algumas horas antes, os Estados Unidos haviam anunciado que queriam levar ao Conselho de Segurança das Nações Unidas a situação política no país africano, após o afastamento de Morgan Tsvangirai.

Tsvangirai renunciou hoje à disputa, ante o que chamou de uma "orgia da violência", enfrentar o atual chefe de Estado Robert Mugabe no segundo turno das presidenciais previstas para 27 de junho, abrindo caminho a uma reeleição automática do mais antigo presidente da África.

"Nós, no MDC (Movimento pela Mudança Democrática), não podemos pedir (aos eleitores) que votem no dia 27 porque este voto poderá custar suas vidas", declarou Tsvangirai em uma entrevista coletiva à imprensa em Harare.

"Não continuaremos participando desta farsa violenta e ilegítima deste processo eleitoral", assegurou.

Segundo Tsvangirai, Mugabe "declarou guerra ao afirmar que as balas de fuzil prevalecem sobre as cédulas de votação".

Mugabe e Tsvangirai disputariam na próxima sexta-feira o segundo turno das eleições presidenciais, quase dois meses depois do primeiro duelo e de várias semanas de violência política.

fgf/sg/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG