Deixo o governo, não a política (presidente paraguaio Nicanor Duarte) - Mundo - iG" /

Deixo o governo, não a política (presidente paraguaio Nicanor Duarte)

O presidente do Paraguai, Nicanor Duarte, disse ao renunciar hoje à chefia do Estado que não abandonará a política, apesar da derrota de seu Partido Colorado nas eleições de 20 de abril.

AFP |

"Deixo o governo, não a política. Seguirei militando ativamente, não pelo simples afã de reconquistar o poder, mas porque, essencialmente, aprofundaremos o compromisso com o povo", destacou o governante.

Em mensagem à nação, depois de entregar sua carta ao presidente do Congresso, Miguel Saguier, o presidente explicou que sua renúncia antecipada tinha relação direta com o seu juramento como senador programado para o dia 1ºo. de julho.

"Ignorar a minha renúncia seria um descumprimento da constituição", advertiu, ao contestar os legisladores para os quais deve completar seu mandato no dia 15 de agosto, data fixada para entregar a faixa presidencial ao presidente eleito, Fernando Lugo.

Lamentou que seus inimigos políticos tenham esquecido a atitude do governo de permitir que competisse nas eleições de 20 de abril o presidente eleito Fernando Lugo, bispo católico suspenso de suas funções episcopais pelo Vaticano.

A postulação do bispo foi motivo de muita controvérsia devido a um artigo constitucional que proíbe a candidatura de ministros religiosos.

hro/jb/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG