Camisas vermelhas desistem de protesto em bairro de negócios - Mundo - iG" /

Camisas vermelhas desistem de protesto em bairro de negócios

Os camisas vermelhas desistiram de um protesto no bairro de negócios de Bangcoc, depois que o governo mobilizou as forças de segurança para impedir a manifestação.

iG São Paulo |


Militar observa opositor subindo em poste no centro de Bangcoc / AP

Milhares de soldados e policiais, muitos deles armados com fuzis, se posicionaram para proteger o bairro de Silom, centro financeiro da capital tailandesa, e impedir a aproximação dos manifestantes.

Os militares e policiais antimotins armados estão em prontidão no bairro de Silom, coração econômico e financeiro da capital, onde os "camisas vermelhas", movimento de oposição ao governo, prometeram se manifestar.

Dezenas de soldados também patrulham a área turística de Patpong, enquanto outros soldados do Exército tomaram posições no alto de alguns prédios.


Soldados ocupam bairro financeiro da Tailândia / Reuters

O governo advertiu no fim de semana que impedirá que as manifestações dos "camisas vermelhas" se estendam a outras áreas de Bangcoc.

O porta-voz do Centro para a Resolução de Situações de Emergência, Sunsern Kaewkamnerd, disse que as tentativas de expansão das manifestações "serão bloqueados e, se for necessário, se empregará a força".

País dividido

Na última segunda-feira, os "camisas amarelas", movimento monarquista tailandês, lançaram um ultimato ao governo dando uma semana para que resolva a crise política provocada por seus rivais, os "camisas vermelhas".

"Em sete dias esperamos que o governo tome medidas contra os terroristas de Thaksin (o ex-primeiro-ministro exilado Thaksin Shinawatra, apoiado pelos "camisas vermelhas") e, se não for assim, faremos ouvir nossa voz para proteger a paz e a família real", declarou Parnthep Pourpongpan, porta-voz dos "amarelos" reunidos na Aliança do Povo pela Democracia (PAD).

A Tailândia está profundamente dividida entre "vermelhos", partidários de Thaksin, que prometeram acabar com o atual governo de Abhisit Vejjajiva, e "amarelos", que contam com o apoio das elites de Bangcoc e querem manter o atual governo.

Leia mais sobre Tailândia

    Leia tudo sobre: tailândia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG