Avatar e Guerra ao terror fazem duelo de gala no Oscar - Mundo - iG" /

Avatar e Guerra ao terror fazem duelo de gala no Oscar

Antonio Martín Guirado Los Angeles (EUA), 2 fev (EFE).- As nove indicações obtidas hoje por Avatar, de James Cameron, e Guerra ao terror, de Kathryn Bigelow, fazem o grande duelo da 82ª edição do Oscar nesse ano, protagonizado por dois cineastas que foram marido e mulher entre 1989 e 1991.

EFE |

Mas as duas produções não poderiam ser mais diferentes uma da outra.

A ficção científica, a tecnologia e os surpreendentes efeitos especiais em 3-D da animação "Avatar" - que narra o confronto entre humanos e os nativos do planeta Pandora - a transformaram no filme de maior bilheteria da história, com renda acima dos US$ 2 bilhões.

Por outro lado, o realismo, a tensão e a ação psicológica de "Guerra ao terror" - uma história sobre desativadores de bombas no Iraque - são a máxima expressão de um filme de baixo orçamento, longe dos padrões de Hollywood, e com foco em dramas humanos.

Embora tenha estreado em junho do ano passado, ainda não chegou à cifra de US$ 13 milhões na bilheteria americana.

O filme de Cameron obteve as indicações de melhor filme, melhor diretor, melhor direção de arte, melhor fotografia, melhor edição, melhor som, melhor trilha sonora original, melhor edição de som e melhores efeitos especiais.

Já o filme de Bigelow, por sua vez, acumulou indicações de melhor filme, melhor ator (Jeremy Renner), melhor fotografia, melhor diretor, melhor edição, melhor som, melhor trilha sonora original, melhor edição de som e melhor roteiro original.

"Avatar" e "Guerra ao terror" são as duas obras mais destacadas de uma variada lista de dez filmes indicados a melhor filme. Pela primeira vez em 66 anos, dez produções e não cinco, como era tradição, concorrem nessa categoria.

Entre os outros indicados está a ficção científica de baixo orçamento "District 9", que se revelou em meados do ano passado como uma das surpresas da temporada, e a comédia "Up - Altas aventuras", dos estúdios Disney/Pixar.

A lista se completa por: "Bastardos inglórios", de Quentin Tarantino; "Preciosa", de Lee Daniels; "Amor sem escalas", de Jason Reitman; "Educação", de Lone Scherfig; "Um homem sério", de Joel e Ethan Coen; e "O lado cego", de John Lee Hancock.

Não houve surpresas entre os diretores indicados: Cameron ("Avatar"), Bigelow ("Guerra ao terror") - quarta vez que uma mulher consegue uma indicação nessa categoria -, Daniels ("Preciosa") - segunda ocasião que um cineasta negro é indicado -, Tarantino ("Bastardos inglórios") e Reitman ("Amor sem escalas").

Um degrau abaixo das duas produções favoritas ficou "Bastardos inglórios", de Tarantino, com oito indicações: melhor filme, melhor diretor, melhor ator coadjuvante (Christoph Waltz), melhor fotografia, melhor edição, melhor som, melhor edição de som e melhor roteiro original.

Já "Preciosa" e "Amor sem escalas" obtiveram seis indicações.

Nas categorias de interpretação, tudo saiu como estava previsto, exceto o nome de Maggie Gyllenhaal como melhor atriz coadjuvante, por "Crazy Heart".

Os candidatos selecionados a melhor ator foram Jeff Bridges ("Crazy Heart"), George Clooney ("Amor sem escalas"), Colin Firth ("Um único homem"), Morgan Freeman ("Invictus") e Jeremy Renner ("Guerra ao terror").

Entre as mulheres, as indicadas foram Meryl Streep ("Julie & Julia), Sandra Bullock ("O lado cego"), Helen Mirren ("A Última Estação"), Carey Mulligan ("Educação") e Gabourey Sidibe ("Preciosa").

Essa é a 16ª indicação de Meryl Streep, recorde absoluto de Hollywood. A atriz recebeu duas estatuetas douradas, por "Kramer vs.

Kramer" (1979) e "A escolha de Sofia" (1982).

O Oscar de melhor ator coadjuvante será disputado por Christoph Waltz ("Bastardos inglórios") - grande favorito -, Matt Damon ("Invictus"), Woody Harrelson ("O mensageiro"), Stanley Tucci ("Um olhar do paraíso") e Christopher Plummer ("A última estação").

Na categoria feminina disputarão Penélope Cruz ("Nine"), Mo'Nique ("Preciosa"), Vera Farmiga e Anna Kendrick (ambas por "Amor sem escalas") e Maggie Gyllenhaal ("Crazy Heart").

Os nomes dos candidatos foram revelados pelo presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, Tom Sherak, com a ajuda da atriz Anne Hathaway, vestida com calças brancas.

A 82ª edição do Oscar, que será apresentada por Alec Baldwin e Steve Martin e será realizada em 7 de março no Teatro Kodak, de Hollywood, será transmitida ao vivo pela televisão a mais de 200 países. EFE mg/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG