O porta-voz do Senado italiano, formado pela maioria governamental conservadora, Maurizio Gasparri, criou polêmica nesta quarta-feira ao sugerir que a organização terrorista Al-Qaeda gostou da vitória de Barack Obama nas eleições presidenciais nos Estados Unidos.

"Obama suscita muitas interrogações. A Al-Qaeda deve estar contente com Obama na Casa Branca", declarou Gasparri num programa da rádio RAI.

"Essa é uma declaraçao grave a inaceitável", afirmou Anna Finocchiaro, líder no Senado do Partido Democrático (PD, esquerda).

"Declarações desse calibre minam as relações entre a Itália e os Estados Unidos", acrescentou.

Gasparri e o chefe de Governo Silvio Berlusconi apoiavam o candidato republicano John McCain.

"Os melhores nem sempre vencem", declarou ainda.

ljm-kv/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.