TIKRIT, Iraque (Reuters) - Ali Hassan al-Majeed, conhecido como Ali Químico por ter usado gás venenoso contra a minoria curda do Iraque, foi enterrado na noite de terça-feira perto de seu primo, o ex-ditador iraquiano Saddam Hussein, disse um líder tribal. O enterro de Majeed em Tikrit aconteceu depois que o comandante militar de Saddam foi enforcado em Bagdá por crimes contra a humanidade.

"O corpo dele foi recebido na noite passada pela polícia em Tikrit", disse nesta quarta-feira Munaf Ali al-Neda, uma proeminente figura tribal na província de maioria árabe sunita.

"(Majeed) foi enterrado perto (dos filhos de Saddam) Uday e Qusay, no mesmo local onde a cova de Saddam está localizada".

Curdos iraquianos e árabes xiitas, que sofreram na campanha brutal de Majeed para derrotar a resistência depois da Guerra do Golfo de 1991, reagiram com alegria à execução de Majeed.

(Reportagem de Sabah al-Bazee)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.