Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Quito exige arquivamento do caso do computador para retomar relações com Bogotá

O Equador exigiu nesta segunda-feira que a Colômbia arquive definitivamente os documentos eletrônicos encontrados no computador do líder das Farc Raúl Reyes e que vinculariam Quito à guerrilha colombiana.

AFP |

"A condição sine qua non, a única que exigimos para restabelecer relações, é que o governo colombiano (...) deixe de utilizar as falsas provas e os falsos argumentos de que o Equador tem vínculos com as Farc de maneira definitiva", disse a chanceler María Isabel Salvador.

"Esta é a condição mais importante neste momento", destacou a diplomata em declarações ao portal Ecuadorinmediato.

Bogotá acusa Quito de ligações com as Farc baseada em arquivos encontrados no computador de Raúl Reyes, morto durante um ataque do Exército colombiano a um acampamento das Farc no território equatoriano, em 1º de março passado.

"A Colômbia tem feito suposições sobre supostos documentos encontrados em supostos computadores supostamente pertencentes a Raúl Reyes e supostamente apreendidos no acampamento de Angostura (na Amazônia equatoriana), que foi bombardeado", ironizou Salvador.

"Todas as acusações da Colômbia se baseiam em suposições" e Quito desconfia da palavra das autoridades colombianas.

A chanceler reafirmou que para a retomada das relações "é indispensável" que se estabeleçam mecanismos por intermédio da OEA para "garantir" que fatos como a incursão colombiana de 1º de março "não voltem a ocorrer sob qualquer circunstância".

SP/LR

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG