Quinze talibãs são mortos e um comandante fundamentalista é detido no Afeganistão

Forças afegãs e tropas da Otan mataram 15 talibãs em vários ataques no sul do Afeganistão, onde a Polícia também prendeu um de seus principais comandantes, informaram fontes oficiais neste domingo.

AFP |

Dez milicianos talibãs morreram em uma operação conjunta de afegãos e forças da Otan no distrito de Zhari, na província de Kandahar, no sábado, informou o Ministério da Defesa em um comunicado.

Outros cinco rebeldes morreram no mesmo dia em uma operação similar em outra parte do distrito, que é uma das regiões sob controle talibã, acrescentou o comunicado.

Na cidade de Kandahar a Polícia deteve o comandante Abdul Jabar, que substituía na liderança o também detido mulá Mansur Dadullah, informou o Ministério do Interior afegão.

"O mulá Abdul Jabar tinha um papel significativo nas atividades terroristas depois de Dadullah", ressaltou o ministério no comunicado.

Kandahar, berço do movimento talibã que governou o Afeganistão entre 1996 e 2001, é uma das regiões mais conturbadas do sul do Afeganistão.

sak/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG