Quinze mortos no noroeste do Paquistão

As tropas paquistanesas mataram seis militantes talibãs, quatro civis morreram em um ataque rebelde e outras cinco faleceram em um atentado com bomba nesta terça-feira na região noroeste do Paquistão, fronteira com o Afeganistão.

AFP |

Cinco pessoas morreram e 13 ficaram feridas quando um carro-bomba explodiu diante da casa de um vereador paquistanês crítico em relação aos islamitas.

A bomba explodiu perto da residência de Fahim-ur-Rehman na localidade de Bazidjel, periferia de Peshawar. O vereador, que se encontrava em casa, saiu ileso do atentado.

Além disso, as tropas paquistanesas atacaram refúgios de militantes talibãs na região de Khar, a principal cidade do distrito tribal de Bajuar, matando seis rebeldes.

Em outro incidente, quatro civis - uma mulher e três homens - morreram e quatro ficaram feridos quando vários foguetes atingiram algumas casas e uma escola na mesma cidade.

O ataque levou pânico a Khar, onde os estabelecimentos comerciais e prédios públicos fecharam as portas.

Un oficial de la seguridad y otro de los servicios de inteligencia confirmaron la cifra de muertos.

As zonas tribais em torno de Peshawar são cenário de uma crescente violência desde que centenas de islamitas se refugiaram na região depois que os talibãs foram expulsos no final de 2001 de Cabul por uma coalizão militar dirigida pelos Estados Unidos.

str-mmg/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG