Quinze mortos em confrontos na fronteira Paquistão-Afeganistão

Pelo menos 15 pessoas morreram nesta segunda-feira em tiroteios entre talibãs e uma milícia de uma tribo numa zona próxima à fronteira do Paquistão com o Afeganistão.

AFP |

Estes choques explodiram quando combatentes talibãs atacaram casas e trincheiras cavadas pelas milícia antitalibã na zona de Stoorijel, do distrito de Orakzai, a 200 km da cidade de Peshawar (noroeste).

Fontes dos serviços de segurança afirmaram que os talibãs destruíram várias casas e mataram nove homens de uma milícia rival, que foi criada para fazer frente aos islamitas que dominam Orakzai.

Segundo um oficial da inteligência local, os confrontos continuam.

Hakimula Mehsud, que dirige o Movimento dos Talibãs Paquistaneses, é originário de Orakzai e se acredita que inúmeros combatentes talibãs escaparam dessa zona para fugir da ofensiva contra o reduto desse grupo no Waziristão do Sul.

O Paquistão pediu aos habitantes da região que organizem milícias tribais contra os militantes em setores do noroeste, onde o exército não conta com equipes suficientes e tem dificuldades para erradicar os insurgentes.

shk-sjd/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG