Quinze embaixadas dos EUA na Europa recebem cartas com pó branco

WASHINGTON (Reuters) - Envelopes contendo um pó branco foram enviados a 15 embaixadas dos Estados Unidos na Europa este mês, informaram o Departamento de Estado e o FBI na quarta-feira. O resultado de testes feitos no pó para toxinas foi negativo. Quinze embaixadas receberam envelopes contendo pó branco. Alguns testes iniciais foram feitos e todos deram negativo, disse o porta-voz do Departamento de Estado Robert Wood a repórteres.

Reuters |

O FBI afirmou em um comunicado que as cartas às embaixadas, assim como envelopes similares contendo um pó branco enviados aos gabinetes de mais de 40 governadores dos EUA desde 8 de dezembro, tinham marcas de postagem do Texas.

As cartas foram recebidas nas missões diplomáticas dos EUA em Berlim, Berna, Bruxelas, Bucareste, Copenhague, Dublin, Haia, Luxemburgo, Madri, Oslo, Paris, Riga, Roma, Estocolmo e Tallinn, disse Wood.

O Departamento de Estado ainda aguardava por resultados da missão na capital holandesa, mas os testes das correspondências para uma série de substâncias químicas ou biológicas perigosas de outras missões deram todos negativos, segundo Wood.

As cartas provocaram o fechamento temporário das seções consulares das embaixadas em Roma e Bucareste.

Em outubro, cartas, muitas delas contendo um pó branco suspeito, foram enviadas a escritórios do banco Chase e de outras duas instituições financeiras em diversos estados e à sede do New York Times, em Nova York.

Cartas de ameaça enviadas às instituições financeiras advertiram que "é hora do retorno", de acordo com o FBI.

As autoridades norte-americanas estão sob alerta para cartas desse tipo desde 2001, quando envelopes com antraz foram enviados a escritórios da mídia e a políticos dos EUA, matando cinco pessoas.

(Reportagem de Paul Eckert)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG