Queniano oferece cabras e vacas para se casar com filha de Hillary Clinton

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, recebeu uma proposta inusitada durante sua visita oficial ao Quênia, na última terça-feira: um homem ofereceu 40 cabras e 20 vacas para poder se casar com sua filha, Chelsea. A proposta foi feita por Godwin Kipkemoi Chepkurgor, um vereador de 40 anos de idade da cidade de Nakuru.

BBC Brasil |

Getty
Bill e Chelsea Clinton acompanham posse de Hillary como secretária de Estado

Bill e Chelsea Clinton acompanham posse
de Hillary como secretária de Estado

Hillary foi informada da oferta por um jornalista durante uma coletiva de imprensa e reagiu de forma bem-humorada. "Minha filha é independente. Vou informá-la sobre esta gentil oferta", disse.

Esta não é a primeira vez que Chepkurgor tenta conquistar a mão de Chelsea, de 29 anos. Em 2000, ele escreveu uma carta a Bill Clinton, então presidente dos Estados Unidos, oferecendo as mesmas 40 cabras e 20 vacas para se casar com sua filha.

Segunda mulher

Em uma entrevista à BBC, Chepkurgor se mostrou contente com a resposta de Hillary. "Sinto-me muito bem por ela ter respondido - quase afirmativamente. Ela prometeu fazer a proposta à sua filha e eu estou esperando", disse.

Segundo Muliro Telewa, repórter da BBC em Nakuru, a quantidade de animais oferecida em troca da noiva é bastante generosa para os padrões quenianos.

Caso Chelsea Clinton aceite a proposta, ela será a segunda mulher de Chepkurgor, que já é casado. O queniano, no entanto, garante que sua mulher sabe de sua afeição por Chelsea e "não mostrou objeções" à proposta.

Leia mais sobre Hillary Clinton

    Leia tudo sobre: chelsea clintonhillary clintonquênia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG