Queniano oferece 40 cabras e 20 vacas por filha de Bill e Hillary Clinton

Washington, 10 ago (EFE).- O queniano Godwin Kipkemoi Chepkurgor, de 39 anos, reiterou à secretária de Estado americana, Hillary Clinton sua oferta em troca da mão de sua filha, Chelsea: 40 cabras e 20 vacas.

EFE |

Segundo informou hoje a rede de televisão "CNN", esta não é a primeira vez em que Chepkurgor faz a oferta. O pretendente já apresentou suas credenciais e sua oferta aos Clinton no ano 2000, quando a família visitou a África.

A oferta ficou no ar, mas o queniano, paciente, voltou a fazê-la a Hillary durante a atual viagem oficial da chefe da diplomacia americana pelo continente africano.

A sugestão de Chepkurgor levou um jornalista da "CNN" a dizer em tom de piada à secretária de Estado americana que, dada a atual crise econômica, o dote oferecido pelo queniano "não era uma má oferta".

No mesmo clima, Hillary respondeu que Chelsea "é muito independente" e que a comunicaria "sobre esta oferta tão amável, mas ela toma suas próprias decisões".

Chepkurgor, no entanto, disse à "CNN" que isto não é uma piada para ele e que Chelsea "é uma mulher formosa e disciplinada".

"Eu não a conheço pessoalmente, mas gosto de sua família e de como se mantêm unidos", acrescentou. "Esperei muito tempo e continuo esperando conhecê-la para expressar a ela meu amor".

De 2000 para cá, o pretendente não perdeu tempo e se casou há três anos com Grace, uma colega de estudos. Porém, isso não importa, segundo ele, porque no Quênia a poligamia é legal e Chelsea poderia ser sua "segunda esposa".

O ousado queniano, que tem uma pequena loja de artigos eletrônicos em Nakuru, uma cidade ao noroeste de Nairóbi, disse que sua esposa "não tem problema com isso". EFE jab-mla/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG