Quem são e onde serão julgados os paramilitares colombianos nos EUA

O governo colombiano extraditou para os Estados Unidos 14 dos mais importantes chefes paramilitares que se desmobilizaram.

AFP |

Segue a lista dos extraditados e as acusações que pesam sobre eles, segundo a descrição fornecida pelo departamento de Justiça americano.

DISTRITO DE COLUMBIA (onde fica a capital Washington)

- Rodrigo Tovar Pupo, ou "Jorge 40": acusado de conspirar para produzir e distribuir cocaína e tentar introduzi-la nos Estados Unidos.

- Salvatore Mancuso: acusado de conspiração para produzir e distribuir cocaína e tentar introduzi-la nos Estados Unidos.

- Juan Carlos Sierra Ramírez: acusado de conspiração para produzir e distribuir cocaína e tentar introduzi-la nos Estados Unidos; conspiração para posse e tentativa de distribuição de cocaína a bordo de uma embarcação submetida à jurisdição americana. As mesmas acusações foram feitas a :

- Nodier Giraldo Giraldo

- Hernan Giraldo Serna

- Edwing Mauricio Gómez Luna

- Eduardo Enrique Vengoechea Mola

- Martín Peñaranda Osario

NOVA YORK

- Diego Fernando Murillo Bejarano, ou 'Don Berna': enfrenta duas acusações por conspiração para exportar cocaína para os Estados Unidos, e distribuir a droga, além de lavagem de dinheiro.

TEXAS

- Diego Alberto Ruiz Arroyave: acusado de conspiración para proveer apoyo material y recursos a las Autodefensas Unidas de Colombia (AUC).

As mesmas acusações foram feitas a :

FLÓRIDA

- Ramiro Vanoy Murillo

- Francisco Zuluaga Lindo

- Guillermo Pérez Alzate

- Manual Enrique Torregrosa Castro

mr-arz/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG