Queda de helicóptero mata 6 no Afeganistão

Cabul, 14 jul (EFE).- Pelo menos seis pessoas morreram hoje após a queda de um helicóptero na província afegã de Helmand, no sul do país, onde as tropas estrangeiras conduzem uma grande ofensiva contra os talibãs, informou à Agência Efe um porta-voz das tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

EFE |

Segundo a fonte, o helicóptero tinha seis pessoas a bordo e caiu no distrito de Sangin. As causas do ocorrido ainda são desconhecidas.

"Por enquanto, não podemos dizer se o helicóptero caiu devido a um ataque ou por causa de uma falha mecânica", acrescentou a fonte.

O porta-voz dos talibãs, Mohamad Yousef Ahmadi, disse à Efe que um helicóptero militar Chinook da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, em inglês) foi derrubado por fogo rebelde na manhã de hoje.

Já em declarações à agência "AIP", Ahmadi falou que seus homens atacaram uma aeronave na qual viajavam 30 soldados britânicos às 7h50 locais (0h20 de Brasília).

Cerca de 500 militares do Reino Unido apoiados pela coalizão liderada pelos Estados Unidos participam de uma missão cujo objetivo é recuperar zonas estratégicas sob controle talibã ao norte da capital de Helmand, Lashkar Gah.

A Otan descreveu esta ofensiva como "uma das maiores operações aéreas dos tempos modernos".

Paralelamente, quase 4.000 fuzileiros navais americanos e 650 membros das forças de segurança afegãs conduzem outra ofensiva contra os talibãs no vale do rio Helmand, que atravessa a província de mesmo nome.

Dois terços da produção afegã de ópio, atividade que financia a insurgência talibã, vêm de Helmand. EFE lo-mb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG