Aeronave que levava 23 a bordo caiu ao tentar pousar numa região remota do nordeste do país

Homem observa fumaça após queda de helicóptero em Tawang, na Índia
AP
Homem observa fumaça após queda de helicóptero em Tawang, na Índia

Um helicóptero bateu em um muro e pegou fogo ao tentar pousar numa região remota do nordeste da índia nesta terça-feira. De acordo com a polícia, o acidente matou 17 dos 23 a bordo.

O helicóptero levantou voo em Gauhati e tentava pousar em seu destino final, a cidade de Twang, próxima à fonteira com a China. A polícia acredita que o acidente possa ter sido causado pelas más condições climáticas ou por um problema técnico.

A aeronave levava 18 passageiros e cinco tripulantes. Os seis sobreviventes foram levados ao hospital e o estado de saúde de três deles é considerado crítico.

O uso de helicópteros é comum no nordeste da Índia, onde densas florestas e estradas em más condições dificultam o transporte por terra, principalmente na temporada de chuvas de monções.

O helicóptero que caiu nesta terça-feira era propriedade do governo e, assim como algumas aeronaves de companhias privadas, fazia voos regulares entre cidades no nordeste indiano.

Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.