Queda de avião militar americano na ilha de Guam deixa 2 mortos

Washington, 21 jul (EFE).- Pelo menos dois tripulantes de um bombardeiro B-52 da Força Aérea dos Estados Unidos morreram hoje quando o avião caiu no mar em próximo à ilha de Guam, disseram fontes militares.

EFE |

Um porta-voz da Força Aérea dos EUA disse que o acidente, cujas causas são desconhecidas, ocorreu pouco depois do meio-dia (local) a cerca de 48 quilômetros do porto de Apra.

Assinalou que grupos de resgate iniciaram a busca sobre uma vasta zona do Pacífico para tentar achar os outros quatro pilotos que faziam parte da tripulação.

Participam da busca seis navios, além de três helicópteros e dois caças F-15 e outro bombardeiro B-52 que localizaram uma mancha de combustível no mar, mas o avião não foi encontrado.

O bombardeiro, cujo centro de operações está na base de Barksdale, no estado do Texas, operava na ilha, disseram as fontes.

O bombardeiro deveria participar de um desfile que comemoraria o Dia da libertação de Guam que foi invadida pelos japoneses durante a Segunda Guerra Mundial e retomada em 1944 pelas tropas americanas.

O Boeing B-52 é um bombardeiro subsônico de grande autonomia que a Força Aérea dos EUA mantém em operações desde 1955 com poucas alterações ao longo do tempo. EFE ojl/bm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG