Um avião Beechcraft do Exército equatoriano bateu nesta quinta-feira em um prédio do norte de Quito, matando os três militares que viajavam no aparelho e uma mulher em terra, informou o ministro da Defesa, Javier Ponce.

O Beechcraft bateu na parte de trás de um hotel do norte de Quito, em meio a uma densa neblina, disse à AFP um porta-voz do ministério da Defesa.

A aeronave do Exército havia realizado um voo de instrução e era tripulada por um major, um capitão e um sargento.

sp/sd/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.