Quatrocentos palestinos com dupla nacionalidade deixam Gaza

Jerusalém, 21 jan (EFE).- Cerca de quatrocentos palestinos com dupla nacionalidade serão retirados hoje da Faixa de Gaza, informaram à Agência Efe fontes oficiais israelenses.

EFE |

Israel permitirá hoje a saída dos palestinos com dupla nacionalidade "após ter recebido o pedido de vários Governos estrangeiros", explicou à Efe Peter Lerner, porta-voz de Coordenação das Atividades do Governo nos territórios palestinos, vinculado ao Ministério da Defesa.

São cidadãos de Estados Unidos, Alemanha, Dinamarca, França, Irlanda, Grécia, Áustria, Romênia, Noruega, Dinamarca, Canadá, Jordânia, Austrália, Turquia e Filipinas, acrescentou o porta-voz.

A evacuação será realizada através da passagem de Erez, no norte de Gaza e controlada pelo Exército israelense, de onde os palestinos serão transferidos para a Jordânia através da passagem fronteiriça de Allenby, para dali viajarem para seus respectivos países.

Esta é a terceira oportunidade na qual Israel permite a saída de palestinos com dupla nacionalidade desde que começou a ofensiva militar israelense contra Gaza, no dia 27 de dezembro.

A evacuação coincide com a saída das tropas israelenses, que abandonaram hoje todas as suas posições em Gaza depois que, no último domingo, entrasse em vigor um cessar-fogo declarado unilateralmente por Israel e que foi respondido pelo Hamas e outros grupos palestinos com a declaração de uma semana de trégua.

Mais de 1.400 palestinos morreram e cerca de 5.500 ficaram feridos durante a ofensiva de Israel. EFE aca/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG