Quatro terremotos sacodem sede do G8 durante madrugada e manhã de hoje

Roma, 6 jul (EFE).- Quatro novos terremotos, um de uma magnitude de 3 graus na escala Richter, castigaram esta madrugada e esta manhã a cidade italiana de Aquila, a sede da cúpula do Grupo dos Oito (G8, sete países mais industrializados e a Rússia) que será realizada entre quarta-feira e sexta-feira, segundo dados do Instituto Nacional de Vulcanologia.

EFE |

O jornal "Corriere della Sera" informou hoje que a organização italiana da cúpula do G8 prevê que se durante a reunião acontecer um tremor superior aos 4 graus a reunião será transferida para Roma.

Na sexta-feira passada a cidade de Aquila registrou um terremoto de 4,1 graus de magnitude na escala Richter.

O epicentro dos últimos tremores está muito perto de onde se situou o do terremoto do passado 6 de abril que devastou a cidade de Aquila, capital da região dos Abruzos, deixou 300 mortos e milhares de evacuados.

O plano previsto pelas autoridades italianas contempla em primeiro lugar, e em caso de sacudida forte do terreno, a evacuação dos líderes participantes da cúpula em helicóptero, para o que se dispuseram dois heliportos, além do aeroporto de Preturo, a menos de um quilômetro da sede do G8.

Os responsáveis da segurança do G8, que será realizada na Escola da Guarda de Finanças (Polícia fiscal) de Aquila, preveem também a possibilidade de transferir os outros componentes das delegações pelas estradas mais próximas. EFE fab/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG