Quatro soldados britânicos morrem em uma explosão no Afeganistão

Londres, 18 jun (EFE).- Quatro soldados britânicos morreram e um quinto ficou ferido na terça-feira por causa de uma explosão na província de Helmand, no sul do Afeganistão, informou hoje o Ministério da Defesa do Reino Unido.

EFE |

Os militares, cujas identidades não foram divulgadas, participavam de uma operação militar no leste de Lashkar Gah, na província de Helmand, quando o veículo no qual viajavam foi atingido por uma explosão, acrescentou a fonte.

Três soldados perderam a vida no local e o outro morreu ao chegar a Camp Bastion, o quartel britânico no Afeganistão, enquanto a condição do militar ferido no ataque é estável, disse a pasta da Defesa.

Segundo o Ministério, um dos soldados mortos pertencia ao Corpo de Inteligência militar.

Com estas quatro vítimas, aumenta para 106 o número de soldados britânicos mortos no Afeganistão desde a invasão liderada pelos Estados Unidos em novembro de 2001.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, expressou hoje seu pesar pela morte dos quatro soldados e destacou a dedicação e o profissionalismo dos militares de seu país.

Estes soldados faziam "o trabalho mais perigoso nas circunstâncias mais difíceis", afirmou Brown em comunicado divulgado hoje por sua residência oficial de Downing Street.

No entanto, o ministro de Assuntos Exteriores, David Miliband, defendeu hoje a presença dos militares no Afeganistão.

Em declarações à cadeia Sky News, Miliband disse que o Reino Unido está no país asiático por um "claro interesse nacional". EFE vg/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG