Quatro pessoas são presas suspeitas de planejar assassinato de Obama em Denver (imprensa)

Quatro pessoas foram presas em Denver suspeitas de pretender assassinar o candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, informou nesta terça-feira a TV local.

AFP |

Segundo a rede CBS34, um dos homens presos admitiu às autoridades que ia "atirar em Obama de uma posição estratégica com (...) um rifle (...) a uma distância de 750 metros".

Ao que parece, o assassinato seria praticado no sábado, quando Obama se apresentará no estádio Invesco de Denver, com capacidade para cerca de 75.000 pessoas. O estádio deverá estar lotado para ouvi-lo aceitar sua nomeação para representar o Partido Democrata nas eleições de novembro, o que poderá torná-lo o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos.

Outro homem foi preso domingo quando a Polícia encontrou dois rifles de alto poder de fogo no veículo alugado que dirigia, acrescentou a CBS34.

Um dos presos, que usava uma suástica, é suspeito de ter ligações com grupos racistas que proclamam a supremacia da raça branca.

"As forças de segurança federais trabalham estreitamente com a Polícia (...). Este caso é objeto de uma investigação, é o que posso comentar", explicou em um comunicado o promotor Troy Eid citado pelo jornal Rocky Mountain News.

jkb/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG