Bangcoc, 23 jun (EFE).- Quatro pessoas morreram hoje em três tiroteios na conflituosa região sul da Tailândia, onde as forças de segurança não podem conter a violência e o rastro de vítimas do conflito separatista muçulmano.

Na província de Yala, dois insurgentes morreram por disparos de soldados que tinham sido atacados primeiro, perto de um povoado onde cem policiais e militares tinham entrado para realizar uma operação para deter guerrilheiros islâmicos.

Também em Yala, dois desconhecidos que viajavam em motocicleta crivaram de tiros uma mulher muçulmana de 37 anos, e na vizinha província de Pattani, um vendedor de borracha foi morto em um tiroteio parecido. EFE fmg/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.