Islamabad, 3 jan (EFE).- Pelo menos quatro pessoas, entre elas um ex-ministro regional, morreram hoje devido à explosão de uma bomba na passagem do veículo onde viajavam no noroeste do Paquistão, informaram os canais de televisão.

A bomba foi detonada por controle remoto quando o veículo transitava por uma estrada do distrito de Hangu, na conflituosa Província da Fronteira Noroeste, segundo a versão das redes de televisão "Dawn" e "Geo".

Os quatro passageiros, entre eles um ex-ministro do Governo provincial, Ghani ur Rehman, morreram no atentado, e o veículo ficou destruído.

A Polícia já iniciou uma investigação sobre o ataque.

Hangu, situada na Província da Fronteira Noroeste, é vizinha das áreas tribais fronteiriças com o Afeganistão.

Perto desta demarcação, fica o distrito de Bannu, onde há dois dias um atentado terrorista cometido por um suicida ao volante de um veículo com explosivos matou quase 100 pessoas em um jogo de vôlei.

EFE igb-amp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.