Desde 2008 foram registrados cerca de 130 ataques com mísseis dos EUA nas áreas tribais

Pelo menos quatro pessoas morreram neste sábado em novo ataque com mísseis supostamente lançados por um avião não-tripulado dos EUA na região tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, informou o canal "Express TV".

A ação teve como alvo uma casa supostamente ocupada por insurgentes do distrito de Mir Ali da demarcação, situada na fronteira com o Afeganistão, segundo o "Express", que não identificou suas fontes.

Desde 2008 foram registrados cerca de 130 ataques com mísseis dos EUA nas áreas tribais, um terço dos mesmos neste ano e a grande maioria na mesma demarcação atacada neste sábado.

A região é um refúgio tradicional de facções talibãs paquistanesas e afegãs, e também de membros da rede terrorista internacional Al Qaeda.

O Waziristão do Norte é a única região do cinto tribal da fronteira com o Afeganistão onde o Exército paquistanês não realiza atualmente uma operação contra os talibãs, embora os analistas acreditem que o comando militar, pressionado pelos EUA, iniciará uma campanha nos próximos meses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.