Terrorista levava um cinto de explosivos junto ao corpo e o detonou no interior da sede do governo da província de Al Anbar

BAGDÁ - Quatro pessoas morreram hoje e outras 15 ficaram feridas em um atentado suicida perpetrado por uma mulher contra um prédio estatal na cidade iraquiana de Ramadi, segundo fontes do Ministério do Interior.

As fontes explicaram à Agência Efe que a terrorista levava um cinto de explosivos junto ao corpo e o detonou no interior da sede do governo da província de Al Anbar, cuja capital é Ramadi, 100 quilômetros ao oeste de Bagdá.

O ataque ocorreu perto do escritório do vice-governador de Al Anbar, Hekmat Zidan, afirmaram as fontes, acrescentando que vários funcionários e policiais estão entre as vítimas. As ambulâncias se deslocaram ao local para levar os feridos, dos quais alguns em estado grave.

*Com a EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.