Quatro mortos em confronto entre policiais e militantes do Hamas

Três ativistas do movimento islâmico palestino Hamas e um membro dos serviços de segurança palestinos morreram nesta quinta-feira em um confronto em Qalquiliya, norte da Cisjordânia, indicaram fontes de segurança.

AFP |

O enfrentamento foi registrado entre uma unidade dos serviços de segurança e ativistas do Hamas entrincheirados em uma casa da cidade, acrescentaram as fontes.

Em um primeiro momento, as fontes de segurança haviam anunciado que um de seus membros, de 24 anos, tinha morrido atingido por tiros. Quando o tiroteio chegou ao fim, foram encontrados na casa os corpos dos três ativistas do Hamas, indicaram as fontes.

A casa cercada pelas forças de segurança pertence a um ativista do Hamas, detido pela Autoridade Palestina. Segundo fontes de segurança, outros ativistas do Hamas, entre eles Mohamad Ateyeh, do braço armado do movimento islâmico, estavam entrincheirados.

Os serviços de segurança palestinos são controlados pelo Fatah, partido do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas. O Hamas expulsou o Fatah da Faixa de Gaza em junho de 2007.

Desde então, a relação entre os dois rivais é tensa na Cisjordânia, onde os serviços de segurança palestinos detêm membros do Hamas, aos quais acusa de posse ilegal de armas.

na-ezz/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG