Pelo menos cuatro militares morreram num ataque de guerrilheiros das Farc no departamento de Cauca, sudoeste da Colômbia, informou nesta segunda-feira o comandante da 29ª Brigada do Exército colombiano.

Os militares mortos pertenciam a uma patrulha encarregada da vigilância de uma área rural, perto da cidade de López de Micay, a 700 km de Bogotá, no litoral do oceano Pacífico.

Tropas do Exército, com o apoio de helicópteros, foram enviadas à zona para perseguir a coluna rebelde.

Segundo Angel Riascos, secretário de governo de López de Micay, helicópteros militares estão trazendo os corpos para a cidade e o número de mortos pode ser maior.

A região de López de Micay é palco de uma grande operação contra grupos de narcotraficantes que têm transformado a costa colombiana do Pacífico em sua zona de operações, com o apoio da guerrilha das Farc.

O ministro da Defesa, Juan Manuel Santos, advertiu nesta segunda-feira que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) estão intensificando a ações por ocasião do aniversário de morte do número dois da guerrilha, Raúl Reyes, abatido em um ataque do Exército colombiano no território equatoriano em março de 2008.

O chefe militar das Farc, Jorge Briceño, também conhecido como "Mono Jojoy", deu ordem para intensificar as operações, mas estamos preparados", assinalou Manuel Santos.

hov/sd/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.