Quatro ex-policiais são condenados no Kosovo por crimes de guerra

Belgrado, 23 abr (EFE).- Quatro ex-policiais de unidades especiais sérvias foram condenados hoje a um total de 68 anos de prisão por assassinatos de civis albaneses em março de 1999, durante a Guerra do Kosovo, na localidade de Suva Reka, no sul do território.

EFE |

O Tribunal de Belgrado ditou sentenças contra Radojko Repanovic e Sladjan Cukaric, de 20 anos de prisão cada, de 15 anos para Miroslav Petkovic e de 13 anos para Milorad Nisavic.

Outros três ex-policiais que estavam na acusação devido ao crime de Suva Reka, entre eles o principal acusado, Radoslav Mitrovic, antigo adjunto do comandante da Gendarmaria (Polícia militarizada), foram eximidos de qualquer culpa, por falta de provas.

Os sete ex-policiais foram acusados, em 2006, pelo assassinato de 50 civis albaneses, 48 deles membros de uma família, em 26 de março de 1999 em Suva Reka.

Entre as vítimas, havia menores, uma mulher grávida e uma idosa.

Os cadáveres desses albaneses foram exumados de uma vala comum no bairro de Batajnica, em Belgrado. EFE sn/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG