Quatro iraquianos detidos na prisão de Guantánamo, em Cuba, foram enviados de volta a seu país no dia 18 de janeiro, informou nesta segunda-feira à AFP o chefe da delegação do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, CICV, no Iraque, que preferiu não ter o nome divulgado.

"Pedimos às autoridades iraquianas de nos informar onde estão para que pudéssemos fazer uma solicitação oficial de visita", acrescentou.

sk/gk/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.