Quatro condenados à morte foram executados nesta quinta-feira no Japão, anunciou o ministério da Justiça.

Os réus foram enforcados em Tóquio, Nagoya (centro) e Fukuoka (sudoeste).

Yukinari Kawamura, de 44 anos, e seu cúmplice, Tetsuya Sato, de 39 anos, foram condenados por terem assassinado duas mulheres e queimado e esquartejado seus corpos.

Shojiro Nishimoto, de 32, matou quatro pessoas e Tadashi Makino, de 58, matou uma mulher.

No total, 15 pessoas foram enforcadas em 2008, no maior número de execuções em um ano depois do recorde de 17 em 1975.

O Japão é o único grande país industrial, junto com os Estados Unidos, que aplica a pena de morte.

kh/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.