Quatro australianos morreram nos atentados em Mumbai

Sydney (Austrália), 28 nov (EFE).- Pelo menos quatro australianos se encontram na lista dos mais de cem mortos na série de atentados terroristas perpetrados na quarta-feira na cidade indiana de Mumbai, informa hoje a imprensa local.

EFE |

O Departamento de Exteriores da Austrália indicou que pelo menos 70 australianos se encontravam na região que foi palco dos ataques na quarta-feira.

Acrescentou em uma nota oficial que se desconhece exatamente quantos morreram ou ficaram feridos.

O ministro de Exteriores da Austrália, Stephen Smith, disse que 26 australianos poderiam continuar no interior dos hotéis Taj Mahal e Oberoi, sitiados pelos terroristas.

As autoridades confirmaram que entre as vítimas fatais australianas se encontra Brett Taylor, um empresário de 49 anos.

A família de Doug Markell, um ex-político local de 71 anos, também disse que ele morreu em Mumbai, faltando a confirmação oficial.

O diário "The Sun Herald" indicou que outros dois australianos estão incluídos em uma lista supostamente entregue pela Polícia indiana a um jornalista local, e um deles seria uma mulher de 50 anos.

Brett Taylor, a primeira vítima australiana confirmada, fazia parte de uma missão comercial do estado de Nova Gales do Sul que se hospedava no hotel Oberoi. EFE mg/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG