Quatro atentados no Iraque deixam nove mortos

Nove pessoas morreram neste sábado em quatro atentados cometidos no Iraque, entre elas um chefe tribal sunita e três peregrinos xiitas, um dia antes das principais celebrações da Ashura, informaram fontes oficiais.

AFP |

O xeque Mahmud Khassem al-Obeidi morreu de manhã, quando uma bomba instalada na frente de sua casa, em Abu Ghraib, explodiu, indicou uma autoridade municipal.

Além disso, três fiéis xiitas morreram e 17 ficaram feridos em duas explosões nas procissões para Bagdá Khadida (leste) e Abu Tshir (sul).

A Ashura lembra a morte de Hussein, neto de Maomé e filho de Ali, morto em 680 em uma batalha no deserto de Kerbala pelas tropas do califa omeya Yazid.

Em outro atentado, perpetrado em Fudailiya, a leste de Bagdá, três pessoas morreram e cinco ficaram feridas na explosão de uma bomba, segundo um funcionário do ministério do Interior.

Um tenente coronel do exército, Ibrahim Khalil, foi assassinado a tiros por desconhecidos em uma avenida do leste de Bagdá, acrescentou.

No bairro Mansur, uma mulher foi assassinada por desconhecidos que dispararam contra um tenente da polícia, que ficou ferido, perto de um posto policial, segundo a mesma fonte.

sf-psr/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG