Quatro cabeças foram localizadas nesta sexta-feira no estado mexicano de Guerrero (sul), onde um policial morreu durante um ataque contra um político local.

Ao todo nas últimas horas foram executadas 14 pessoas, sendo sete em Ciudad Juárez, a mais violenta do México.

O governo mexicano mantém uma operação com cerca de 50.000 militares em distintos pontos de México para combater as cartéis da droga, aos quais atribui 14.000 homicídios desde que o presidente Felipe Calderón assumiu no final de 2006, a maioria na fronteira norte.

str/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.