Quase 70% dos japoneses estão contentes com resultado eleitoral

Tóquio, 2 set (EFE).- Cerca de 68 % dos japoneses estão felizes pelo resultado das eleições gerais do domingo que terminou em vitória do opositor Partido Democrático (PD), segundo uma pesquisa publicada hoje no jornal Yomiuri.

EFE |

A maioria dos japoneses, 71 %, tem grandes esperanças no futuro Governo do primeiro-ministro eleito, Yukio Hatoyama, após sua histórica vitória sobre Taro Aso do Partido Liberal-Democrata (PLD).

No entanto, muitos cidadãos expressaram suas dúvidas sobre a capacidade do PD para realizar seu programa social e as ajudas que prometeu durante a campanha.

Entre os entrevistados pelo jornal, 54 % pensam que o PD poderá pôr em prática suas promessas, contra 44% que consideram impossível cumprir todos os pontos de seu programa.

O PD propôs um ambicioso plano de ajudas sociais, corte de alguns impostos e nos preços de combustíveis, educação e pedágios, que financiaria com uma economia em coisas que considera despesas estatais desnecessárias.

No entanto, o índice de apoio do PD alcançou após as eleições 46,6%, superior aos 36% que obteve em agosto do ano passado em uma pesquisa similar.

Para o PLD, que governou Japão durante os últimos 55 anos a exceção de um lapso de 11 meses entre 1993-94, o apoio obtido na pesquisa (23,5%) é quase idêntico ao que tinha há um ano.

A maioria dos indagados asseguraram que a razão para votar pela mudança política no Japão foi o descontentamento com o atual primeiro-ministro Taro Aso e o PLD.

Após a renúncia como primeiro-ministro de Junichiro Koizumi, pouco após o pleito de 2005, lhe sucederam três primeiros-ministros - Shinzo Abe, Yasuo Fukuda e Taro Aso - que acabaram por afundar o apoio popular do PLD. EFE jmr/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG