Quase 60 imigrantes ilegais são detidos em fábrica na Carolina do Norte

Charlotte (EUA), 12 ago (EFE).- Cinqüenta e sete imigrantes foram detidos hoje em uma empresa de Asheville que fabrica pára-quedas para o Exército americano, em uma nova batida na Carolina do Norte contra estrangeiros em situação irregular.

EFE |

A operação, levada a cabo por 35 agentes do serviço de Imigração e Alfândegas (ICE) após oito meses de investigações, teve como alvo a Mills Manufacturing Corporation, uma empresa com 175 empregados contratada pelo Departamento de Defesa.

"Empresas deste tipo, que oferecem serviços ao Governo federal, são consideradas de alta prioridade para a segurança nacional", afirmou à Agência Efe Ivan Ortiz, porta-voz do ICE.

Os 57 imigrantes detidos - 17 homens e 40 mulheres - são de México, Guatemala, Equador, El Salvador e Honduras.

Segundo informações, as 40 estrangeiras foram deixadas em liberdade condicional e terão que se apresentar a um juiz de imigração.

O porta-voz da ICE acrescentou que os 57 imigrantes foram acusados apenas pelo porte de documentos de imigração falsficados.

Esta foi a segunda grande batida contra imigrantes ilegais que o Serviço de Imigração e Alfândegas realiza na Carolina do Norte. EFE av/bm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG