Tamanho do texto

Quase 50 combatentes islamitas morreram nesta quarta-feira em zonas tribais do noroeste do Paquistão, na fronteira com o Afeganistão, onde se refugiaram nos últimos anos muitos talibãs apoiados pela Al-Qaeda, anunciou o exército paquistanês.

Não é possível verificar as cifras de baixas fornecidas pelo Exército porque não há como ter acesso às zonas de combate.

str-jaf/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.