Quase 20 mil presos são libertados no Iraque pela lei de Anistia

Bagdá, 2 abr (EFE).- Um total de 19.

EFE |

527 presos iraquianos foi libertado desde a entrada em vigor da lei de Anistia Geral em fevereiro deste ano, informou hoje a agência de notícias independente "Aswat al-Iraq".

Os detidos se encontravam em prisões de todo o país, segundo os dados do juiz do Conselho Judicial Supremo, Abdul Sattar al-Berqdar.

Berqdar disse que os comitês que estudam cada caso ainda estão trabalhando, mas já revisaram um grande número de expedientes.

Além disso, antecipou que, nos próximos dias, mais reclusos serão libertados, de acordo com essa norma.

Em fevereiro, o Parlamento iraquiano aprovou a Lei de Anistia Geral, que permite a libertação de determinados réus, depois de as comissões judiciais revisarem seus expedientes e com uma série de garantias para que os prisioneiros libertados não voltem a cometer crimes nem a se unir a grupos armados. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG