Cairo, 26 fev (EFE).- O Quarteto de Madri para o Oriente Médio se reunirá na próxima semana na cidade egípcia de Sharm el-Sheikh, coincidindo com a cúpula para a reconstrução da Faixa de Gaza, disse hoje o ministro de Assuntos Exteriores egípcio, Ahmed Aboul Gheit.

Gheit confirmou a reunião, mas não detalhou se acontecerá na próxima segunda-feira, quando será a cúpula de ajuda a Gaza, ou na noite anterior, como foi anunciado esta semana em Moscou.

O Quarteto de Madri, formado por Estados Unidos, Rússia, ONU e União Europeia, e dirigido pelo ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair, foi criado em Madri em 10 de abril de 2002, para trabalhar a favor da paz definitiva no Oriente Médio.

Segundo Gheit, entre outros temas, os representantes do Quarteto analisarão a situação na Faixa de Gaza após os últimos ataques de Israel e as negociações para conseguir uma trégua prolongada.

Na cúpula em Sharm el-Sheikh, se reunirão cerca de 70 países, que analisarão os meios para conseguir a reconstrução de Gaza após a ofensiva israelense que começou em 27 de dezembro do ano passado e terminou em 18 de janeiro. EFE nq/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.