Quarenta países se comprometem a continuar protegendo o Afeganistão

Bucareste, 3 abr (EFE).- Os países que participam da Força Internacional de Assistência à Segurança no Afeganistão (Isaf) reafirmaram hoje seu compromisso a longo prazo com esse país, com o objetivo de impedir que o extremismo talibã ou o terrorismo da Al Qaeda recuperem o controle.

EFE |

Em declaração assinada em Bucareste por 40 estados, membros e não membros da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), se destaca que a missão da Isaf se baseia em um mandato da ONU e foi solicitada pelo Governo afegão, além de lembrar que "a segurança euro-atlântica e internacional estão ligadas à estabilidade e ao futuro do Afeganistão".

O documento assinala igualmente que o Afeganistão "é a prioridade-chave da Otan", organização que exerce o comando da Isaf em todo o território.

    Leia tudo sobre: otan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG