Quarenta insurgentes morrem em operação no sul do Afeganistão

Cabul, 13 jul (EFE).- Pelo menos 40 supostos insurgentes morreram nas últimas 48 horas em uma operação em andamento das forças da coalizão na região de Helmand, no sul do Afeganistão, informou hoje, em comunicado, o comando dos Estados Unidos no país.

EFE |

Os combates começaram este sábado no distrito de Sangin, quando um grupo de insurgentes atacou uma patrulha formada por tropas afegãs e americanas.

As tropas responderam ao ataque e solicitaram apoio aéreo.

Nas últimas 48 horas, segundo o comunicado, morreram pelo menos 40 supostos insurgentes, enquanto 30 embarcações rebeldes e várias pontes manuais foram destruídas ao longo do rio Helmand.

A operação continua, assim como outro combate informado hoje pela Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) e que ocorre na província de Kunar, no nordeste afegão.

Este segundo combate começou às 4h30 (21h de Brasília deste sábado) no distrito de Dara-I-Pech, quando um posto de combate da Isaf e do Exército afegão sofreu um ataque rebelde.

Grupos de insurgentes dispararam usando armas leves, metralhadoras, lança-granadas e morteiros, a partir de casas, lojas e da mesquita da localidade de Wanat, o que levou a Isaf a solicitar apoio da aviação e de helicópteros de combate.

Segundo a Isaf, os dois lados sofreram baixas, mas a organização não precisou quantas, por enquanto, porque o enfrentamento "continua". EFE nh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG