Qualidade do ar melhora em Buenos Aires, mas fumaça pode voltar com o vento

Buenos Aires, 21 abr (EFE).- Os moradores de Buenos Aires respiram hoje aliviados com um dia sem fumaça, mas continua a preocupação diante da possibilidade de que uma mudança na direção dos ventos faça com que a névoa causada pelas queimadas no delta do Rio Paraná volte a cobrir a cidade.

EFE |

O Serviço Meteorológico Nacional reiterou hoje o alerta por redução de visibilidade em Buenos Aires e seus arredores, e advertiu que a rotação dos ventos pode fazer com que a fumaça volte a cobrir a capital argentina.

"Pelo menos até quarta-feira prevalecerão os ventos do setor norte com intensidade inferior aos 20 km/h", e com isso a fumaça permanecerá pelo menos até meados da semana, disse o Serviço Meteorológico.

O fenômeno, provocado pelas queimadas em cerca de 70.000 hectares no delta do Paraná, começou há quinze dias, mas se agravou na semana passada, quando gerou uma gigantesca nuvem de fumaça que cobriu totalmente Buenos Aires e arredores, e afetou cerca de 15 milhões de pessoas.

Cerca de 400 pessoas foram atendidas em hospitais da capital argentina por irritação nos olhos e garganta, em conseqüência da fumaça.

No entanto, enquanto a capital respira aliviada, a fumaça continua cobrindo o sul de Entre Ríos e ameaça se estender à província de Córdoba.

O Governo, que responsabilizou os agricultores pela situação e abriu um processo criminal contra os responsáveis de incêndios propositais e não autorizados, informou sobre quatro detenções até o momento. EFE mar/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG