Qualidade do ar em Pequim é boa durante Olimpíada

A China confirmou algo que a maioria das pessoas que está em Pequim para a Olimpíada já suspeitava - a qualidade do ar da cidade está boa. O governo afirma que os níveis de poluição atingiram os padrões esperados em todos os dias dos Jogos até agora.

BBC Brasil |

Eles atribuem o fato às medidas de redução de poluição implementadas na véspera da Olimpíada, como o rodízio de carros e a paralisação de algumas fábricas.

Uma análise independente feita pela BBC indicou que o nível de poluição ficou dentro do esperado em seis dos 11 dias de competição até agora.

No entanto, para um especialista em poluição, Pequim também se beneficiou com condições favoráveis de clima.

'Medidas eficazes'
O vice-diretor do departamento municipal de Proteção Ambiental de Pequim, Du Shaozhong, disse que a qualidade do ar foi boa em todos os dias de agosto.

Em entrevista coletiva a jornalistas, ele disse que a redução da poluição seria uma comprovação de que as medidas tomadas pelo governo funcionaram.

"Sem essas medidas, a qualidade atual do ar estaria impossível", disse Du.

"Comparado com cidades que sediaram os Jogos anteriormente, Pequim foi a que tomou as medidas mais intensas para cortar as emissões e assegurar que não houvesse poluição."
Análise independente
A medida independente realizada pela BBC da poluição em Pequim confirma o anúncio feito pelas autoridades.

A BBC vem medindo a quantidade de partículas sólidas - apenas um dos agentes poluidores - na atmosfera.

De acordo com esses dados, Pequim cumpriu os padrões estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em seis dos onze dias de competição até agora.

Os moradores de Pequim também vêm percebendo a diferença.

A porta-voz do Comitê Olímpico Internacional (COI), Giselle Davies, disse que a entidade sempre acreditou que Pequim alcançaria as metas de redução de poluição.

"Muitas pessoas pensaram que seria um problema, mas o fato é que as preocupações eram sem fundamento", disse ela.

No entanto, a declaração indica uma mudança de postura da entidade.

O próprio presidente do COI, Jacques Rogge, chegou a manifestar preocupações com a poluição de Pequim no ano passado. Ainda na véspera da Olimpíada, o COI ameaçou adiar alguns esportes caso o nível de poluição não caísse.

Especialista
Para o especialista em poluição Ivo Allegrini, que está em Pequim avaliando os níveis de poluição, a China conseguiu atingir a redução planejada.

Mas ele disse que as condições climáticas de agosto - em especial a chuva - tiveram um papel importante.

"A poluição do ar depende de uma combinação de fontes de emissão e de situações meteorológicas", disse Allegrini.

"Aqui em Pequim, nós tivemos condições meteorológicas favoráveis combinadas com alguma redução das emissões."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG