Pyongyang pode aumentar alcance de seu maior míssil

Seul - A Coreia do Norte testou este ano um sistema de ignição para o motor do míssil com maior alcance de seu arsenal, que se funcionar poderia aumentar sua distância máxima até os 7 mil quilômetros, informaram hoje fontes oficiais à agência sul-coreana Yonhap.

EFE |

Acordo Ortográfico Segundo um funcionário sul-coreano citado pelo diário "Chosun Ilbo", o satélite de vigilância americano KH-12 detectou este teste do motor do Taepodong 2, um tipo de míssil balístico que com seu desenvolvimento atual tem um alcance de 6 mil quilômetros.

Com sua configuração atual, o Taepodong 2 pode alcançar o estado do Alasca, mas com um alcance de 7 mil quilômetros poderia alcançar toda a costa oeste de Canadá e EUA.

O teste aconteceu em uma base de lançamento de mísseis localizada na província de Norte Pyongan, no oeste da Coreia do Norte, de acordo com o diário.

Segundo as fontes da "Yonhap", esta localização implica uma nova preocupação para os EUA, porque um míssil lançado do local poderia viajar através do Oceano Ártico, o que reduziria a possibilidade de ser interceptado.

Aparentemente, o teste aconteceu entre maio e junho deste ano nesta base do oeste do país comunista.

    Leia tudo sobre: coréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG