Pyongyang não investigará seqüestros antes de substituição de Fukuda

Tóquio, 5 set (EFE).- A Coréia do Norte informou ao Japão que adiará o início da investigação sobre os japoneses seqüestrados pelo regime até a confirmação da linha da próxima administração japonesa, afirmou hoje o Ministro de Exteriores japonês, Masahiko Komura.

EFE |

O Japão tinha pedido à Coréia do Norte que mantivesse sua promessa de lançar em breve um comitê para investigar o assunto, apesar da renúncia do primeiro-ministro, Yasuo Fukuda, na segunda-feira passada.

Komura descreveu como "lamentável" o anúncio da Coréia do Norte, que tinha proposto o lançamento do comitê em uma reunião com o Japão em agosto.

Pyongyang tinha se comprometido a devolver ao Japão vários radicais japoneses acusados de seqüestrar um avião em 1970.

Em troca, Tóquio prometeu relaxar algumas de suas sanções econômicas à Coréia do Norte. EFE fab/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG